03:09 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    030
    Nos siga no

    Um dia após da renúncia do primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, e a convocação de eleições antecipadas para setembro, parlamentares dissidentes do partido governista Syriza anunciaram nesta sexta-feira (21) a criação de um novo partido. A legenda se chamará Unidade Popular e fará oposição às medidas de austeridade acordadas com os credores.

    O líder do novo partido é o ex-ministro de Energia Panagiotis Lafazanis. Ele é um dos mais ferrenhos críticos do caminho que Atenas traçou para a recuperação econômica grega. Outros 24 parlamentares, também defendem uma alternativa independente da Zona do Euro para a Grécia, acreditando que melhor seria abandoná-la.

    O governo liderado por Tsipras fechou um acordo com os credores internacionais para um terceiro resgate à economia grega. Ao todo, o pacote soma € 86 bilhões. A primeira parcela, de € 13 milhões, foi recebida na quinta-feira (20). No entanto, € 3,2 bilhões já foram usados para pagar uma parcela da dívida com o Banco Central Europeu.

    Tags:
    Grécia, Atenas, Alexis Tsipras, Panagiotis Lafazanis, Syriza, Unidade Popular, Banco Central Europeu, Zona do Euro, resgate, pacote, credores internacionais, renúncia, eleições, novo partido, dissidentes
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar