07:08 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    O prédio da Agência de Segurança Nacional no Cairo, onde ocorreu uma explosão

    Estado Islâmico se declara responsável pela explosão no Cairo

    © Sputnik/ Amro Omran
    Mundo
    URL curta
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    221

    Uma grande explosão feriu pelo menos 30 pessoas e destruiu o prédio da Agência de Segurança do Estado na quinta-feira, confirmou o Ministério da Saúde egípcio.

    O grupo terrorista Estado Islâmico, proibido na Rússia e em outros países, assumiu a responsabilidade pela explosão perto do prédio da Agência de Segurança Nacional no Cairo, onde foram feridos 30 pessoas, incluindo seis policiais, segundo informou o portal de notícias Akhbar Masr referindo-se à declaração do grupo na Internet.

    "Os soldados do Estado Islâmico conseguiram alvejar um prédio da polícia por um carro-bomba no coração do Cairo", disse em um comunicado do Estado Islâmico postado em uma conta no Twitter afiliada com o grupo.

    Explosão de bomba em Bangkok
    © AFP 2017/ Pornchai Kittiwongsakul
    A explosão ocorreu na quinta-feira à noite perto do prédio da Agência de Segurança Nacional, em um bairro pobre do Cairo chamado Shobra al-Khaimah. Um homem desconhecido estacionou um carro-bomba perto do prédio, depois saiu e foi embora em uma moto que o acompanhava.

    O impacto da explosão foi tal que derrubou as fachadas, não só da Agência da Segurança, mas também dos próximos edifícios e das lojas e casas.

    Polícia está realizando uma operação de busca na cidade, em todas as vias públicas estão estabelecidos postos de controle.

    Tema:
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)

    Mais:

    Grande explosão causa tragédia em templo hindu na Tailândia
    Explosão na China provocou mais de 100 mortos
    Tags:
    ataque terrorista, terroristas, explosão, vítimas, terrorismo, EI, Estado Islâmico, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik