02:32 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Soldado norte-coreano próximo à fronteira com a Coreia do Sul.

    Seul afirma que tropas da Coreia do Norte intensificaram movimentação na fronteira

    © REUTERS/ Kim Hong-Ji
    Mundo
    URL curta
    141450171

    A tensão na Península Coreana ficou ainda maior nesta quarta-feira (18), segundo um comunicado do Ministério da Defesa da Coreia do Sul. As autoridades sul-coreanas relataram que o exército da Coreia do Norte está se movimentando junto à fronteira na Zona Desmilitarizada Meridional (DMZ).

    O passo seria mais um na escalada de ações que vêm aumentando a tensão entre os dois países que se mantém tecnicamente em guerra desde 1953, quando os combates da Guerra da Coreia pararam. Porém, nunca houve um acordo de paz entre as nações.

    No início de agosto, uma mina terrestre explodiu próximo à fronteira ferindo gravemente dois soldados sul-coreanos. Seul responsabilizou Pyongyang pelo fato, mas o governo norte-coreano negou qualquer participação. Na semana passada, a Coreia do Sul retomou a guerra psicológica com a emissão de mensagens por alto-falantes na zona limite. Dias depois, o norte fez o mesmo.

    Paralelamente, a Coreia do Sul e os EUA começaram na segunda-feira (17) um exercício militar em território sul-coreano com mais de 80 mil homens. Pyongyang considerou o treinamento uma provocação e prometeu represálias “sem piedade”.

    Tags:
    exercícios, manobras, treinamento, movimentação, alto-falante, propaganda ideológica, mina terrestre, tensão, explosão, Guera da Coreia, Ministério da Defesa, EUA, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Pyongyang, Seul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik