23:57 18 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Famílias aguardam atendimento acampadas no jardim do centro de asilo de Traiskirchen, o mais importante da Áustria

    Ativista denuncia condições sub-humanas em centros de asilo da Áustria

    © AFP 2018 / JOE KLAMAR
    Mundo
    URL curta
    0 17

    Anny Knapp, coordenadora da agência Asylkoordination, responsável por avaliar a situação dos refugiados e imigrantes na Áustria, disse em entrevista à Sputnik nesta segunda-feira que os centros de asilo do país não atendem às mínimas condições de higiene, saúde e segurança exigidas pelos órgãos internacionais do setor.

    "A Áustria está enfrentando uma crise de recepção. A situação no primeiro centro de recepção, Traiskirchen, não está alcançando os padrões mínimos", afirmou Knapp, explicando que o centro de Traiskirchen poderia acomodar apenas 2 mil pessoas, mas, nesse momento, está atendendo a mais de 4 mil, o que impossibilita a oferta de itens básicos de sobrevivência. 

    "As condições sanitárias são péssimas, os banheiros são sujos. Os requerentes ao asilo não recebem informação suficiente sobre o seu processo e sobre a possibilidade de transferência para um centro de recepção regular". 

    Assim como a maioria dos países europeus, a Áustria vem apresentando sérios problemas para lidar com os grandes fluxos de imigrantes que chegam ao país. Só nos seis primeiros meses deste ano, o número de pedidos de asilo no território austríaco foi superior a 28 mil, de acordo com o Ministério do Interior. 

    Segundo a ativista da Asylkoordination, a situação poderia ser melhor se as autoridades disponibilizassem novos locais para atender aos imigrantes, mas os políticos locais se recusam a discutir a abertura de novos centros de asilo, ao mesmo tempo em que não tomam medidas para melhorar as condições dos que já existem. 

    Mais:

    ‘Princípios firmes’: Multiculturalistas na Dinamarca preferem bairros sem imigrantes
    Comissário europeu: Mundo enfrenta a pior crise de refugiados desde a II Guerra Mundial
    Exército tcheco irá combater imigração ilegal
    Devido ao aumento do fluxo de imigrantes, Hungria restringe sistema de asilo
    Tags:
    asilo, refugiados, imigração, Asylkoordination, Anny Knapp, Europa, Traiskirchen, Áustria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik