21:34 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Incêndio em vilarejo abandonado na zona de exclusão em torno da usina de Chernobyl, 28 de abril de 2015

    Kiev envia tropas à zona de exclusão de Chernobyl para combater incendiários

    © AP Photo/ Andrew Kravchenko, Pool
    Mundo
    URL curta
    0 72820

    O primeiro-ministro ucraniano Arseny Yatsenyuk instruiu nesta sexta-feira (14) o Ministério do Interior e a Guarda Nacional da Ucrânia a enviarem forças adicionais à zona de exclusão de Chernobyl para tentar evitar novos incêndios possivelmente criminosos na região.

    No último sábado (8), um incêndio florestal de 32 hectares foi detectado dentro da zona de exclusão nuclear da usina de Chernobyl, de acordo com o Serviço para Situações de Emergência da Ucrânia. No domingo (9), cerca de 60 hectares da zona já haviam sido afetados pelo fogo.

    "Eu instruí o Ministério do Interior e a Guarda Nacional a enviarem forças adicionais para garantir a segurança e a ordem pública, bem como um maior controle sobre a circulação de pessoas", disse Yatsenyuk, em uma reunião da chamada Comissão de Estado para Segurança Tecnológica e Ambiental e Situações de Emergência.

    Segundo o chefe do serviço estatal de emergências ucraniano, Mykola Chechetkin, uma investigação preliminar revelou que os quatro incêndios florestais registrados na região apenas este ano podem ter sido intencionais.

    Vista de helicóptero mostra incêndios florestais a cerca de 40 km da usina nuclear de Chernobyl, na região de Kiev, na Ucrânia. 29 de junho de 2015.
    © REUTERS/ Serviço Nacional para Situações de Emergência da Ucrânia
    Em 26 de abril de 1986, o mundo testemunhou o maior desastre nuclear da História em termos de custos e vítimas. Uma explosão seguida de incêndio no reator número 4 da usina de Chernobyl liberou grandes quantidades de partículas radioativas na atmosfera, as quais se espalharam sobre as partes ocidentais da URSS e da Europa. Os efeitos do desastre são sentidos até hoje.

    Depois do acidente, foi decretada uma zona de exclusão de 30 km ao redor da usina, que cobre uma área de aproximadamente 2.600 km² na Ucrânia. 

    Ao longo de 2015, os incêndios em torno da zona de exclusão levaram a um aumento da radiação de fundo nas áreas circundantes.

    Mais:

    Incêndio florestal perto da usina nuclear de Chernobyl
    UE: €70 milhões para a Ucrânia construir estrutura de proteção em Chernobyl
    Incêndios florestais atingem milhares de hectares de florestas na Sibéria
    Tags:
    emergência, segurança, usina nuclear, radiação, incendiário, incêndio florestal, Arseny Yatsenyuk, Chernobyl, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik