05:49 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0241
    Nos siga no

    Os EUA têm que compensar Cuba pelos prejuízos multimilionários sofridos pela ilha devido à política de Washington, segundo afirmou o líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, em artigo publicado nesta quinta-feira (13) no portal Cubadebate.

    Sob o título “A realidade e os sonhos”, o texto diz que a dívida norte-americana foi provada por "argumentos e dados incontestáveis" apresentados durante os discursos de Cuba nas Nações Unidas.

    Castro, que delegou suas funções presidenciais ao seu irmão Raul em 2006, completa 89 anos hoje. O aniversário do ex-líder cubano coincide com a nova etapa no desenvolvimento das relações entre Havana e Washington, que restauraram relações diplomáticas em 20 de julho depois de mais de cinco décadas de hostilidade.

    Amanhã (14), o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, fará a primeira visita de um diplomata sênior norte-americano à ilha desde 1945, a fim de assistir à cerimônia formal de abertura da nova embaixada na capital cubana.

    Em seu artigo, Castro não menciona a visita de Kerry, mas diz que após a Segunda Guerra Mundial e o bombardeio atômico do Japão, os EUA tornaram-se o país com "a maior riqueza” e o “mais bem armado da Terra, frente a um mundo destruído, repleto de mortos, feridos e famélicos".

    Mais:

    EUA retiram Cuba da lista de países que não combatem tráfico humano
    Para cumprir sua promessa com Cuba, Obama deveria mudar legislação
    Hillary Clinton: Congresso dos EUA deve acabar com embargo a Cuba
    Cuba x EUA: Fim do embargo econômico deve demorar
    Tags:
    Cuba, EUA, Estados Unidos, Japão, Havana, Fidel Castro, Raul Castro, John Kerry, Segunda Guerra Mundial, relações diplomáticas, bomba atômica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar