10:58 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Refinaria de gás em Asalouyeh, Irã

    Com fim das sanções, Índia considera comprar gás do Irã

    © AP Photo / Vahid Salemi
    Mundo
    URL curta
    2101

    A Índia está considerando a compra de gás natural liquefeito (GNL) do Irã, segundo anunciou o Ministro de Estado indiano para Petróleo e Gás Natural, Dharmendra Pradhan, nesta quarta-feira (12).

    Em julho, o Conselho de Segurança da ONU aprovou uma resolução para suspender as sanções internacionais contra o Irã em troca de garantias sobre a natureza pacífica do programa nuclear de Teerã. Segundo o vice-ministro do Petróleo iraniano, Amir Hossein Zamaninia, as sanções impostas ao setor de petróleo e gás do país deverão ser levantadas em outubro ou novembro.

    "Com o levantamento das sanções, o Irã está novamente planejando instalações de liquefação de GNL. Uma delegação indiana visitou o Irã durante a última semana de julho de 2015 (…) [e] indicou sua vontade de importar GNL do Irã", informou Pradhan, em mensagem por escrito à câmara alta do Parlamento indiano.

    Em 2005, a companhia estatal de transporte de gás GAIL, da Índia, ao lado da Indian Oil Corporation e da também estatal Brahmaputra Cracker and Polymer Limited (BCPL), assinou um contrato com a Companhia Nacional de Exportação de Gás do Irã (NIGEC) para a compra de 5 milhões de toneladas de GNL por ano, segundo a declaração de Pradhan.

    A NIGEC, entretanto, falhou em executar o contrato, uma vez que não tinha recebido aprovação da Companhia Nacional de Petróleo do Irã.

    De acordo com o ministro indiano, a demanda de gás do país asiático pode aumentar em quase um terço entre 2018 e 2019.

    Atualmente, a importação de recursos energéticos por parte da Índia responde por 75 por cento das necessidades totais de energia do país.

    Mais:

    Emirados lucrarão US$ 13 bilhões após fim de sanções ao Irã
    Europa está decepcionada com as suas próprias sanções
    Apesar das sanções, setor energético russo segue prosperando
    Israel rejeita acordo sobre programa nuclear iraniano
    Conselho de Segurança aprova por unanimidade resolução sobre programa nuclear iraniano
    Tags:
    energia, GNL, Gás Natural Liquefeito, gás, petróleo, sanções, Conselho de Segurança da ONU, BCPL, GAIL, Brahmaputra Cracker and Polymer Limited, Indian Oil Corporation, Companhia Nacional de Exportação de Gás do Irã, NIGEC, Dharmendra Pradhan, Amir Hossein Zamaninia, Índia, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik