21:57 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 04
    Nos siga no

    O Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou nesta terça-feira que um casal do estado do Mississippi foi detido sob a acusação de apoio ao terrorismo, após planejar uma viagem à Síria para se juntar ao Estado Islâmico.

    “Um casal de Starkville, Mississippi, foi preso durante o final de semana por suposta conspiração e tentativa de providenciar apoio material ao Estado Islâmico do Iraque e do Levante, designada organização terrorista estrangeira", diz o comunicado emitido pela justiça.  

    Segundo as autoridades, a investigação que levou à prisão dos jovens Jaelyn Delshaun Young, de 20 anos, e Muhammad Oda Dakhlalla, de 22, teve início depois que o casal começou a postar mensagens na internet revelando o seu interesse de se juntar aos extremistas do Oriente Médio. Logo em seguida, os dois tiraram passaporte e organizaram uma viagem para a Síria, mas a polícia decidiu realizar a detenção antes que eles pudessem pegar o avião. 

    Caso sejam condenados, Jaelyn e Muhammad poderão pegar uma pena de até 20 anos de prisão, além de uma multa de 250 mil dólares. 

    De acordo com a inteligência dos EUA, mais de 30 mil estrangeiros, incluindo cidadãos norte-americanos, já se juntaram aos combatentes do Estado Islâmico na Síria e no Iraque. 

    Mais:

    Turquia anuncia prisão de britânicos que tentavam entrar ilegalmente na Síria
    Luta contra EI durará décadas, diz chefe do Exército americano
    Adolescente americano admite responsabilidade por cooperação com o EI
    Estudante que queria se juntar ao EI é interrogada em Moscou
    Tags:
    terrorismo, Muhammad Oda Dakhlalla, Jaelyn Delshaun Young, Starkville, Mississipi, Oriente Médio, Iraque, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar