00:50 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Central Nuclear de Bushehr, Irã

    Irã nega acesso da ONU a militares e cientistas

    © Sputnik/ Valeriy Melnikov
    Mundo
    URL curta
    7941181

    O Irã se recusou a deixar inspetores da Organização das Nações Unidas (ONU) a entrevistar militares e cientistas para investigar alegações de que Teerã mantinha um programa secreto de armas nucleares, disse o chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano.

    A posição do Irã dificulta a investigação da AIEA sobre suposto programa militar nuclear iraniano — um estudo que está programado para ser concluído até meados de outubro, conforme exigido pelo acordo nuclear marco firmado entre as potências mundiais e o Irã em 14 de julho, em Viena.

    A AIEA vem tentando há mais de cinco anos interrogar Mohsen Fakhrizadeh-Mahabadi, um oficial militar iraniano que os EUA, Israel e a AIEA suspeitam ter supervisionado trabalhos de armamento em Teerã até pelo menos 2003.

    Amano disse que Teerã ainda não concordou em deixar Fakhrizadeh-Mahabadi ou outros oficiais militares iranianos e cientistas nucleares a ajudar a AIEA a concluir sua investigação. Ele sinalizou acreditar que sua agência poderia completar sua investigação mesmo sem acesso ao pessoal do primeiro escalão iraniano. O Irã tem repetidamente negado que ter um programa secreto de armas nucleares.

    fonte: Estadão Conteúdo


    Mais:

    Líder supremo iraniano diz que Irã não alterará política de segurança
    Israel rejeita acordo sobre programa nuclear iraniano
    Obama enfrenta a oposição do Partido Republicano ao acordo nuclear com o Irã
    Tags:
    programa nuclear iraniano, Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohsen Fakhrizadeh-Mahabadi, Yukiya Amano, Irã, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik