02:21 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente da Ucrânia Pyotr Poroshenko

    Poroshenko: Rússia pode atacar países bálticos

    © AP Photo/ Efrem Lukatsky
    Mundo
    URL curta
    Ucrânia em foco da política internacional (289)
    182565334

    O presidente da Ucrânia afirmou ser possível que a Rússia ataque os países bálticos, a Finlândia e os países do Mar Morto, alegando que a Ucrânia não está lutando numa guerra civil, mas por "democracia, liberdade e segurança para a Europa."

    Em uma entrevista ao jornal austríaco Kurier, o presidente ucraniano Pyotr Poroshenko disse ser possível que o presidente russo Vladimir Putin ataque a Finlândia e os países bálticos, assim como os países ao redor do Mar Negro.

    "É possível que ele (Putin) ataque a Finlândia? Sim. Que ele ataque os países bálticos? Sim. Os países do Mar Morto? Sim", disse Poroshenko na entrevista.

    Poroshenko fez o comentário após afirmar que "nove mil soldados russos" estão presentes em território ucraniano. No sábado, um dia antes da entrevista de Poroshenko, o ministro de Relações Exteriores da Estônia, Marina Kaljurand, declarou que a Rússia não representa uma ameaça militar a seu país.

    Kaljurand deu sua declaração em resposta a um relatório sueco que alega que a Rússia pode atacar os países bálticos.

    Tema:
    Ucrânia em foco da política internacional (289)

    Mais:

    Ucrânia e países aspirantes a serem membros da UE aderem às sanções contra Rússia
    Problemas da Ucrânia levaram ao rompimento do acordo espacial com o Brasil
    Medvedev: Rússia é a favor da integridade da Ucrânia
    EUA realizarão novos treinamentos militares na Ucrânia
    Tags:
    ataque, entrevista, ameaça, Vladimir Putin, Pyotr Poroshenko, Mar Morto, Estônia, Finlândia, Mar Báltico, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik