00:53 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Possíveis sinais de estilhaços de um míssil nos destroços do MH17

    Holanda pede ajuda do canal RT na investigação da queda do voo MH17

    © Sputnik/ Andrei Stenin
    Mundo
    URL curta
    244981

    O Conselho de Segurança da Holanda se reportou ao canal de televisão RT com um pedido de ajuda para receber novos detalhes sobre a queda do voo MH17 no leste da Ucrânia, cujos fragmentos foram mostrados em um recente documentário do canal sobre a tragédia.

    O pedido foi remetido à RT pela representante oficial da alta instância holandesa Sarah Fernoy, informou o serviço de imprensa da própria RT.

    “Foi com um grande interesse que nós assistimos ao documentário “MH-17: Um ano de silêncio”. Nele a RT mostra partes do teto da cabine dos pilotos, achados próximo a Petropavlovka. Nós gostaríamos de recolher esses elementos e repassá-los à Holanda, para que o Conselho de Segurança possa usá-los na investigação e na reconstituição dos fatos” – dizia a mensagem.

    Procurada pela Sputnik, a representante do Conselho de Segurança da Holanda, Sarah Fernoy, não quis comentar ou confirmar a carta remetida por ela à RT, alegando a impossibilidade de revelar detalhes da investigação até que esta seja concluída.

    Em 17 de julho de 2014, um avião da Malaysia Airlines que fazia o voo MH17 entre Amsterdã e Kuala Lumpur foi abatido no sudeste da Ucrânia (Donbass). Todas as 298 pessoas a bordo da aeronave morreram no acidente. Forças de Kiev e os independentistas da região têm repetidamente culpado um ao outro pela tragédia.

    No dia 15 de julho a Malásia introduziu no Conselho de Segurança da ONU um projeto de resolução sobre a criação de um tribunal internacional de investigação do acidente do voo MH17.

    Mais:

    MH17 foi derrubado por míssil que só podia pertencer ao Exército ucraniano
    Rússia veta criação de tribunal especial para investigar tragédia do MH17
    Putin sobre voo MH17: ‘permanecem muitas perguntas sobre a investigação’
    Tags:
    investigação, acidente aéreo, MH17, Conselho de Segurança Holandês, RT, Holanda, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik