03:55 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    OTAN

    Alemanha defende volta do Conselho Rússia-OTAN

    © AFP 2017/ GEORGES GOBET
    Mundo
    URL curta
    21106121

    A Alemanha está advogando perante os seus parceiros da Aliança do Atlântico Norte em favor da retomada das atividades do Conselho Rússia-OTAN, mas ainda enfrenta resistência dentro da organização, segundo informa a agência de notícias DPA, citando o embaixador alemão na OTAN, Martin Erdmann.

    "Não há consenso no presente, mas a situação está se desenvolvendo", disse o representante de Berlim.

    O Conselho Rússia-OTAN foi criado em maio de 2002 e incluía todos os membros da Aliança e a Rússia como parceiros em pé de igualdade. A última reunião do órgão a nível diplomático aconteceu em junho de 2014 e, desde então, devido à escalada da crise ucraniana e à acusação do Ocidente de que Moscou teria culpa no conflito – afirmação constantemente negada pelas autoridades russas –, o diálogo entre as partes tem estado congelado.

    De acordo com Erdmann, muitos membros da OTAN lamentam a falta de diálogo com o Kremlin. A lista das nações que se opõem à retomada do Conselho não foi divulgada, mas a DPA observa que ela consiste, principalmente, de países da Europa Oriental. 

    De qualquer maneira, o órgão só pode ser convocado novamente quando houver unanimidade entre os membros da OTAN.

    Mais:

    OTAN usa crise ucraniana para reforçar sua relevância, diz embaixador
    Moscou vai fortalecer Flotilha do Báltico em resposta à OTAN
    Político tcheco: ‘OTAN provocou crise ucraniana e prejudica laços na Europa'
    Tags:
    sanções, Conselho Rússia-OTAN, OTAN, Martin Erdmann, EUA, Ucrânia, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik