02:40 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu

    Netanyahu acusa Irã de criar rede terrorista em cinco continentes

    © REUTERS/ Ammar Awad
    Mundo
    URL curta
    21900121

    O Irã e o Hezbollah criaram uma "rede terrorista" mundial que opera em dezenas de países, inclusive na Europa, afirmou nesta terça-feira o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

    "Irã e Hezbollah organizaram uma rede terrorista que cobre mais de trinta países em cinco continentes, inclusive na Europa, em quase todos países da Europa", afirmou o líder de Israel em uma visita ao Chipre.

    A declaração de Natanyahu coincide com uma visita da chefe de política externa da União Europeia, Federica Mogherini, a Teerã.

    Mogherini iria se encontrar com o ministro de Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, para discutir a implementação do acordo nuclear alcançado no dia 14 de julho.

    Netanyahu se opôs ao acordo assinado entre Irã e o grupo P5+1, classificando o documento como "erro histórico". O primeiro-ministro alega que Teerã usará o dinheiro que receberá após o fim das sanções para financiar o terrorismo no Oriente Médio.

    Israel e seus aliados do Ocidente vinham seguidamente acusando o Irã de apoiar grupos militantes na região, especificamente o Hezbollah, baseado no Líbano, e o grupo palestino Hamas, na Faixa de Gaza.

    Mais:

    Netanyahu compara Irã ao nazismo
    Netanyahu considera investigação de crimes de guerra em Gaza uma "perda de tempo"
    Acordo com Irã irrita Kerry e Netanyahu
    Netanyahu diz que o Irã pode ser mais perigoso do que o Estado Islâmico
    Tags:
    terrorismo, programa nuclear iraniano, acordo nuclear, Hamas, Hezbollah, P5+1, Benjamin Netanyahu, Europa, Irã, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik