04:33 21 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Diretor-geral da agência de notícias Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev.

    Agência de notícias Rossiya Segodnya quer promover intercâmbio de informação na SCO

    © Sputnik/ Alexey Filippov
    Mundo
    URL curta
    114420

    Os membros da Organização para Cooperação de Xangai (SCO) devem realizar um intercâmbio de ideias para fazer frente à agressão informativa e contrapor o monopólio da mídia ocidental no mundo. Quem afirma é o diretor-geral da agência Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, durante o Fórum de Mídia e Comunicação da instituição.

    Segundo ele, o objetivo do fórum é promover a ideia de uma "criação de um espaço comum de informação atual para os nossos países, nos quais habita quase a metade da população do mundo".

    "Devemos compartilhar as concepções que aplicamos ao fazer frente à agressão informativa que ocorre, acredito, contra cada um dos nossos países. A ideia consiste em, no mínimo, combater o monopólio das principais mídias ocidentais da comunicação mundial", disse Kiselev.

    "Estou certo de que hoje pode progredir ao longo desse caminho, vamos conseguir um diálogo claro e sincero, e encontrar o caminho para ir para a frente", afirmou.  

    O fórum, inaugurado nesta terça-feira (28) em Moscou, tem como objetivo focar nas questões de segurança da informação, além da colaboração de mídias dos países da Organização para Cooperação de Xangai e a luta contra as idéias extremistas.

    O evento conta com a participação de representantes dos principais meios de comunicação dos países da SCO, como Xinhua (China), IRNA (Irã), TRT (Turquia), Kabar (Quirguistão), Khovar (Tadjiquistão), RTRK Cazaquistão (Cazaquistão) e India Today Group (Índia), entre outros.


    Mais:

    Agência de notícias Rossiya Segodnya tem contas bancárias bloqueadas na França e Bélgica
    Fotojornalista da Rossiya Segodnya ganha concurso internacional
    Rossiya Segodnya revela opinião dos norte-americanos sobre a polícia
    Diretor da agência Rossiya Segodnya critica editor-chefe do The Economist
    Tags:
    mídia, Organização para Cooperação de Xangai, Dmitry Kiselev, Ocidente, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik