11:15 18 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Agricultores em greve bloqueiam uma estrada na França

    França é pressionada por paralisar União Europeia

    © AFP 2017/ Philippe Desmazes
    Mundo
    URL curta
    41009163

    França está sendo criticada severamente pela tradicional prática de "bloqueio". Os franceses adoram usar bloqueios (de rodovias, por exemplo) como parte de uma ação coletiva de greve, o que é visto como um impedimento à livre circulação de pessoas e comércio na UE.

    A companhia transportadora DFDS na segunda-feira parou de fazer serviço entre Dover e Calais após marinheiros em greve terem disparado um foguete de sinalização contra uma de suas balsas. Isto como que avisava todos os passageiros que pretendam viajar entre o Reino Unido e a França a usar o porto francês alternativo de Dunquerque.

    Enquanto isso, as estradas entre a Espanha a França e a Alemanha continuam a ser bloqueadas por agricultores franceses que protestam contra a queda nos preços dos produtos agrícolas. Os agricultores estão impedindo os produtos dos outros Estados — membros da UE de entrarem na França.

    O Governo francês está sob enorme pressão para parar com os bloqueios que provocaram o caos rodoviário e ferroviário na Inglaterra e na França. Para piorar a situação, o grande número de imigrantes concentrados em Calais, na esperança de saltar para caminhões e trens e chegar à Grã-Bretanha, tornou-se um grande problema para os serviços de segurança. 

    Trator interdita estrada durante greve de agricultores no oeste da França
    © REUTERS/ Pascal Rossignol

    Há uma crescente tensão entre Londres e Paris por causa deste caos e em torno de Calais. Muitos britânicos acreditam que os franceses estão deliberadamente fazendo pouco para impedir a interrupção dos trens e balsas.

    O Tratado de Roma exige "a abolição, entre os estados-membros, dos obstáculos à livre circulação de pessoas, de serviços e de capitais» — no entanto, esta regra é frequentemente ignorada na França, quando os trabalhadores desejam tomar uma posição contra qualquer coisa.

    A tradição francesa de bloquear estradas e portos para conseguirem o que querem em assuntos políticos ou industriais tem a sua longa história. As revoltas populares francesas e a prática de usar "barragens" para impedir o movimento de pessoas ou tráfego remontam à Revolução Francesa, durante a Comuna de Paris, e permanecem até hoje.

    Tags:
    produção de alimentos, agricultura, importações, protestos, greve, Inglaterra, UE, União Europeia, Europa, Reino Unido, Alemanha, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik