11:10 18 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    O Afeganistão foi alvo de muitos ataques de grupos ilegais em julho.

    Homens armados matam 21 pessoas durante casamento no Afeganistão

    © AFP 2017/ Wakil Kohsar
    Mundo
    URL curta
    115003

    Um casamento no distrito afegão de Deh Salah, na província de Baghlan, acabou em tragédia. Vinte e uma pessoas morreram e oito ficaram feridas após homens armados atirarem contra quem estava na celebração, segundo informou a polícia local nesta segunda-feira (27).

    O motivo do ataque ainda não foi esclarecido, mas a polícia local afirmou que uma investigação para apurar as causas e os autores da chacina já foi aberta. As mulheres e as crianças foram poupados pelos atiradores.

    Deh Salah, segundo as autoridades do Afeganistão, abriga grupos ilegais que contam com aproximadamente 2.500 homens. Desde o ano passado, ataques destas milícias têm se intensificado em toda a província de Baghlan.

    Na quinta-feira (30) e na sexta-feira (31), acontecerá a segunda rodada das negociações de paz entre o governo afegão e representantes do Talibã. Um primeiro encontro aconteceu em Muree, no Paquistão, no início julho. Diplomatas chineses e norte-americanos estiveram presentes.

    Tags:
    grupos ilegais, ataque, mortes, casamento, negociações de paz, Talibã, Baghlan, EUA, China, Muree, Paquistão, Deh Salah, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik