11:47 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Conflito em Damasco.

    Mais um jornalista morre em serviço na Síria

    © AFP 2017/ Sameer al-Doumy
    Mundo
    URL curta
    0 22502

    O Observatório Sírio para os Direitos Humanos confirmou a notícia veiculada pela agência síria Sana de que o jornalista e presidente do Centro de Informação da Defesa Nacional em Damasco e corresponsável da rádio Sham FM, Zaer al Alayi, morreu nesta segunda-feira (27) quando cobria os confrontos entre o exército e os rebeldes na capital da Síria.

    A ONG, que tem sede em Londres, informou que Al Alayi estava junto com membros do exército, das forças de defesa nacional (milícias pró-regime) e o grupo xiita libanês Hezbollah, no bairro de Yobar, quando morreu junto com outras três pessoas, incluindo dois oficiais sírios. As circunstâncias das mortes ainda não foram reveladas.

    A região é palco de sangrentos combates entre as forças leais ao governo do presidente Bashar Assad e grupos rebeldes como a Frente al-Nusra, braço da Al-Qaeda na Síria. Somente nesta segunda-feira, a Força Aérea nacional realizou mais de 20 bombardeios em Yobar.

    O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPP) conta 84 mortes de jornalistas em serviço desde 2011. A entidade considera a Síria o país mais perigoso para se trabalhar.

    Tags:
    conflitos, jornalista, rebeldes, morte, Comitê para Proteção dos Jornalistas, Observatório Sírio para Direitos Humanos, Frente al-Nusra, Hezbollah, Al-Qaeda, Zaer al-Alayi, Yobar, Damasco, Londres, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik