06:08 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Grécia e da União Europeia, Atenas, Grécia.

    Representantes de credores iniciam negociações sobre novo empréstimo à Grécia amanhã

    © REUTERS/ Yannis Behrakis
    Mundo
    URL curta
    0 19812

    Os representantes das entidades credoras da Grécia: União Europeia (UE), Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI), darão início à negociações nesta segunda (27) com as autoridades do governo grego no intuito de estabelecer um novo empréstimo ao país, segundo divulgou em comunicado neste domingo (26) a Comissão Europeia.

    O início das negociações está previsto para imediatamente após a chegada das autoridades à Atenas. Segundo a Comissão, ainda não foi decidido se inicialmente as equipes serão constituídas por técnicos ou pelos chefes das delegações das quatro principais instituições envolvidas que, além  da UE, BCE e FMI, contarão também com a participação do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE).

    No último sábado (25), uma fonte do Ministério das Finanças da Grécia informou que as negociações teriam início na terça-feira (28). Diversas datas têm sido apontadas para o início da missão nos últimos dias.

    As presentes negociações têm por objetivo conseguir pôr fim até no máximo 20 de agosto a um terceiro empréstimo à Grécia, que enfrenta problemas de liquidez e que nesta data terá que pagar 3,19 bilhões de euros ao BCE. Atenas terá de fazer um reembolso de 1,5 bilhão de euros ao FMI em setembro.

    O regresso das instituições credoras a Atenas foi imposto ao país a partir do acordo firmado em Bruxelas no dia 13 de julho. O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, também teve de se comprometer a fazer uma série de cortes orçamentários. Além disso, reformas que prolongam a austeridade com as quais o partido de esquerda Syriza tinha prometido acabar também fazem parte do pacote imposto pelas entidades.

    Mais:

    Seis caças turcos violam espaço aéreo da Grécia
    Presidenciável português augura aumento de impostos, desemprego e recessão para Grécia
    Parlamento da Grécia aprova acordo de resgate
    Grécia assinou acordo em que ninguém confia
    Moscou recebe sinais de que Grécia quer juntar-se ao Banco BRICS
    Tags:
    empréstimo, dívida externa, economia, crise, Mecanismo de Estabilidade Europeu, Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu, União Europeia, Alexis Tsipras, Europa, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik