11:14 18 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Puerto de Kerch

    Guarda costeira russa detém petroleiro "fantasma" ucraniano

    © Sputnik/ Konstantin Chalabov
    Mundo
    URL curta
    3 0 322

    A Guarda Costeira da Rússia deteve um petroleiro ucraniano sem comandante nem documentação no Mar Negro, na zona econômica exclusiva do país.

    "O navio petroleiro ucraniano Smolny, com dez tripulantes e sem documentação nem capitão, foi detido. O petroleiro tampouco possuía o sistema automatizado que permite aos serviços portuários determinar a posição do barco. Na prática, era um navio fantasma", diz um comunicado divulgado pelo serviço de imprensa do Serviço Federal de Segurança russo.

    O vice-primeiro-ministro do governo da Crimeia, Ruslan Balbek, classificou a entrada do navio na zona econômica exclusiva da Rússia como uma violação flagrante do direito marítimo internacional.

    "Poderia investir contra outro barco ou pescar ilegalmente. Não tem documentos nem capitão", ressaltou Balbek, que disse ainda que esse tipo de embarcação "pode roubar combustível ou comprá-lo mediante esquemas ilícitos, mas a justiça nada poderia fazer, já que o navio não tem papéis."

    A embarcação transportava mais de mil toneladas de combustível para calefação e cerca de 160 toneladas de combustível diesel sem a documentação necessária.

    Segundo oficiais da Guarda Costeira, o navio ucraniano se dedicava à compra e à venda ilegal de combustível em alto mar. O petroleiro havia sido levado ao porto de Kerch para investigações. O proprietário pode ser multado em mais de US$ 50 mil.

    Mais:

    Brasil rompe unilateralmente contrato para lançar foguete da Ucrânia
    Comissão Europeia transfere 600 milhões de euros à Ucrânia
    Moscou: exercícios da OTAN na Ucrânia ameaçam resolução pacífica do conflito
    Tags:
    ilegal, petroleiro, navio, Crimeia, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik