01:40 19 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira da Coreia do Sul

    Mesmo pressionada, Coreia do Sul rejeita sanções à Rússia

    © flickr.com/ Republic of Korea
    Mundo
    URL curta
    81398391

    O presidente do Conselho Interparlamentar Rússia–Coreia do Sul, Kim Han Gil, afirmou nesta quarta-feira (21) que Seul não vai se juntará aos EUA e à União Europeia no regime de sanções contra a Rússia.

    Em reunião com representantes do Conselho da Federação (câmara alta do parlamento russo), ele afirmou que, apesar da pressão externa “manteremos a nossa posição sobre esta questão”. Por parte da Rússia, o senador Igor Zuga, que representa a região de Omsk, destacou que apesar da desaceleração do ritmo de desenvolvimento econômico global, os dois países aumentaram o comércio bilateral em 8,5%, somando atualmente um valor superior a US$ 27 bilhões.

    O parlamentar russo também exortou seus colegas sul-coreanos a implementar mais ativamente projetos de cooperação econômica trilaterais com a China, incluindo a rota de transporte Khasan-Rajin, o que abre boas perspectivas para a cooperação entre a Rússia e os países da região da Ásia–Pacífico.

    Sobre a paz entre as duas Coreias, o senador russo afirmou que a Rússia “apoia ativamente a ideia de uma reconciliação e da construção de confiança com um olho para reunificar a nação dividida”.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik