02:38 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Vista a Lisboa

    Chineses compram cada vez mais imóveis em Portugal

    © AFP 2017/ PATRICIA DE MELO MOREIRA
    Mundo
    URL curta
    166052

    A partir da próxima quarta-feira (22) o maior portal de comércio eletrônico chinês, o Taobao, começará um leilão de cerca de 1.500 imóveis localizados no Algarve (Portugal).

    A publicação China Daily divulgou que a procura de imóveis no estrangeiro por chineses ricos continua crescendo.

    "Em 2012, o valor total das transações feitas na China em leilões online era inferior a 200 milhões de yuan (30 milhões de euros). Este ano esperamos ultrapassar 100.000 milhões de yuan (15.000 milhões de euros), disse o diretor-geral do site, Lu Weixing, citado pelo China Daily.

    Construção do bairro residencial em Moscou
    © Sputnik/ Vitaly Belousov
    Os estrangeiros que comprem bens em Portugal no valor de pelo menos 500 mil euros têm o direito à residência na União Europeia e, claro, podem viajar em todo o espaço Schengen. Tais vistos são chamados de “vistos gold” e foram lançados pelo governo português em outubro de 2012 visando atrair capitais estrangeiros.

    Desde então, as autoridades já concederam 2.420 vistos deste tipo, 1.947 dos quais a cidadãos da China, divulgou a publicação chinesa, citando a Embaixada de Portugal na China.

    Moscou é outro polo de atração

    A Sputnik já escreveu sobre a atividade de investidores chineses no mercado russo, nomeadamente em Moscou.

    O cada vez maior interesse dos chineses por bens imóveis é explicado pela situação na economia mundial e pelas mudanças da taxa de câmbio do yuan face a outras moedas. Se fizermos as contas em yuans, um apartamento em Moscou agora custa 30-40% menos do que um ano atrás.

    Tags:
    investimentos, leilão, China, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik