20:21 23 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Sistemas de mísseis táticos Iskander-M

    Rússia incorpora mísseis táticos Iskander-M a suas tropas terrestres

    © Sputnik/ Alexei Danichev
    Mundo
    URL curta
    Defesa da Rússia (214)
    0 1592301

    As unidades terrestres do Distrito Militar Leste da Rússia reforçaram seu arsenal com sistemas de mísseis táticos Iskander-M. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 21, pelo ministério da Defesa.

    “A cerimônia de entrega do Iskander-M foi realizada no o polígono militar Kapustin Yar (sul da Rússia)", diz o comunicado.

    Os militares receberam dezenas de lançadeiras, veículos de carga, equipamentos de logística, veículos e postos de comando para processamento de informação.

    Desta forma, o número de unidades do Exército equipadas com estas modernas armas russas chega a cinco. 

    O sistema Iskander utiliza oficialmente dois tipos de mísseis: os mísseis balísticos 9M723 e os mísseis de cruzeiro que na imprensa são chamados de R-500. 

    Até a data atual, o exército russo dispõe das modalidades Iskander-M e Iskander-K, além de uma versão para exportação do Iskander-M, que tem um míssil em vez de dois no lançador com propulsão própria.

    O sistema Iskander-M (SS-26 Stone, segundo a classificação da OTAN) é um complexo tático-operacional com elevada mobilidade e capacidade de manobra, sendo considerado um dos mais avançados mísseis terra-terra da atualidade. Atinge alvos a 500 quilômetros com uma precisão de 30 centímetros, visto que podem ser controlados ao longo de toda a trajetória. Se necessário, podem levar ogivas nucleares.


    Tema:
    Defesa da Rússia (214)

    Mais:

    Rússia fará exercícios com disparo de mísseis do complexo Iskander-M
    Rússia simula lançamentos com sistema de mísseis Iskander-M
    Rússia exibirá mísseis Iskander em Volgogrado durante o Dia da Vitória
    Rússia desenvolve lançadores de mísseis multifunção e novos destróieres antiaéreos
    Tags:
    sistema de defesa, mísseis, Ministério da Defesa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik