04:37 21 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira da UE e Finlândia

    Ideia de saída da zona do euro ganha força na Finlândia

    © AFP 2017/ PEKKA SAKKI / LEHTIKUVA / AFP
    Mundo
    URL curta
    0 995211

    A proposta de realizar um referendo na Finlândia sobre a saída do país da zona do euro obteve já 26.000 assinaturas logo nos primeiros dias após a sua apresentação.

    Para que a proposta seja submetida à votação no Parlamento são precisas pelo menos 50.000 assinaturas, coletadas no período de seis meses. Até agora, só foi aprovada uma iniciativa civil através deste processo, a lei da neutralidade de géneros no casamento.

    O autor da ideia é Paavo Väyrynen, ex-ministro das Relações Exteriores da Finlândia e deputado do Partido do Centro, um dos maiores do país. 

    Paavo Väyrynen considera que a Finlândia foi mais afetada com a entrada na zona do euro em comparação com muitos outros países. 

    Há cada vez mais países com vontade de sair da zona do euro
    © Sputnik/ Vitaly Podvitsky
    Há cada vez mais países com vontade de sair da zona do euro
    A moeda única só trouxe ao país perdas econômicas, desemprego, tendo ainda originado sérios problemas no setor social da economia.

    O deputado indica que um recente estudo do professor Vesa Kanniainen, da Universidade de Helsínquia, confirma as suas palavras.

    No seu blog, Paavo Väyrynen escreve que os finlandeses devem seguir o caminho de outros países da Europa do Norte que não abandonaram as suas moedas nacionais e podem, desta forma, realizar uma política fiscal mais flexível, estando ao mesmo tempo bem integrados na União Europeia. O político considera, por exemplo, a economia da Suécia mais bem sucedida e acredita que a Finlândia cometeu um erro ao adotar o euro. 

    “Deve ser dada ao povo finlandês a oportunidade de decidir se ficamos na zona do euro ou se nos juntamos a outros países da Europa do Norte começando a utilizar, paralelamente ao euro, a nossa moeda nacional”, escreve Paavo Väyrynen.

    Mais:

    Opinião: Crise na Grécia mostra que o sonho da Europa acabou
    Finlandeses não querem ajudar Grécia
    Tags:
    Zona do Euro, moeda, economia, Finlândia, UE
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik