06:04 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Moedas com bandeira da Grécia ao fundo

    Suécia, Finlândia e Dinamarca aprovam empréstimo de emergência da UE à Grécia

    © AFP 2017/ PHILIPPE HUGUEN
    Mundo
    URL curta
    0 12621

    A porta-voz do ministério das Finanças da Suécia, Miriam Abu Eid, informou que a comissão dos Negócios Estrangeiros do parlamento sueco aprovou nesta sexta-feira um empréstimo de emergência da União Europeia à Grécia.

    Segundo revelou a agência sueca TT, os votos favoráveis ao crédito vieram de dois partidos que formam a coligação governamental, sociais-democratas e verdes, e de quatro partidos da oposição de centro-direita. Apenas o partido de Esquerda e os Democratas da Suécia votaram contra.

    "Os países não-membros da zona do euro obtiveram garantias de que não serão atingidos caso a Grécia não consiga pagar o empréstimo de emergência", declarou a ministra sueca Magdalena Andersson à TT.

    O empréstimo também foi aprovado por outros dois membros da UE, a Finlândia e Dinamarca.

    Funcionária arruma bandeiras da Grécia e da UE antes de encontro que aconteceu em Bruxelas entre o premiê grego Alexis Tsipras e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em 3 de junho de 2015
    © REUTERS/ Francois Lenoir
    Anteriormente, um porta-voz do Eurogrupo havia informado através do Twitter sobre nova reunião dos ministros das Finanças da zona do euro, por teleconferência. O encontro, a propósito da nova ajuda financeira à Grécia, vai acontecer depois da reunião Conselho de Governadores do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), marcada para a tarde desta sexta-feira. Na véspera, também por teleconferência, o Eurogrupo deu aval político para o início das negociações de um terceiro resgate a Atenas, e concordou com um empréstimo emergencial de 7 bilhões de euros ao país.

    A Grécia aprovou, na quarta-feira, o acordo de resgate, alcançado na segunda-feira após negociações com os líderes da zona do euro. A aprovação veio uma semana e meia depois do referendo em que os gregos votaram contra as medidas de austeridade, que o acordo com a União Europeia prevê.

    Mais:

    Presidenciável português augura aumento de impostos, desemprego e recessão para Grécia
    Parlamento da Grécia aprova acordo de resgate
    Grécia assinou acordo em que ninguém confia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik