04:42 21 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Caça norte-americano da quinta geração F-35

    EUA estariam propondo aumento da ajuda militar a Israel para aliviar tensões

    © AP Photo/ Ross D. Franklin
    Mundo
    URL curta
    0 79746

    Os EUA está oferecendo um aumento na ajuda financeira militar a Israel por conta do acordo nuclear com o Irã. Segundo a mídia ocidental, o objetivo do aporte anual de mais US$ 1,5 bilhão seria aliviar as tensões entre Washington e Tel Aviv. Na próxima semana, o secretário de Defesa norte-americano, Ash Carter, deverá visitar a capital israelense.

    As autoridades dos dois países discutirão, segundo o New York Times, a elevação para US$ 4,2 bilhões a US$ 4,5 bilhões da ajuda que os EUA dão atualmente, que atualmente chega a US$ 3 bilhões. O valor é, majoritariamente, usado para a compra de equipamentos militares dos EUA, como aviões de combate e sistemas de defesa de mísseis.

    O Jerusalem Post publicou que fontes teriam dito que Israel receberia caças F-35 e dinheiro para investimento em pesquisa e desenvolvimento de sistemas de defesa de mísseis e munições para reabastecer os estoques usados no bombardeio de Gaza no ano passado. Carter apresentaria a oferta ao Ministro da Defesa, Moshe Ya’alon para entrar em vigor em 2018 e durar uma década.

    No entanto, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu estaria relutante em discutir a ajuda dos EUA neste momento. Segundo ele, isso significaria a aprovação tácita do acordo do sexteto com o Irã no início desta semana. O premiê de Israel o documento como um erro histórico e espera que o congresso norte-americano o rejeite.

    Tags:
    acordo, programa nuclear, acordo nuclear, oferta, ajuda militar, F-35, Congresso dos EUA, sexteto, Benjamin Netanyahu, Moshe Ya'alon, Ashton Carter, Faixa de Gaza, Irã, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik