01:39 19 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Debaltsevo, Donetsk

    Donbass pede que BRICS imponha restrições à Ucrânia

    © AFP 2017/ ALEKSEY CHERNYSHEV
    Mundo
    URL curta
    BRICS: organização do futuro (189)
    61200252

    O líder da autoproclamada República Popular de Donetsk, Andrei Purgin, pede sanções contra Kiev.

    O presidente do Conselho Popular da autoproclamada República Popular de Donetsk apelou os líderes dos países-membros do grupo BRICS para introduzir sanções em relação a uma série de funcionários e empresas ucranianas.

    "Eu dirijo-me aos líderes dos BRICS com a exigência de introduzir sanções contra os funcionários e empresas da Ucrânia envolvidas com o terror contra o povo de Donbass, e quero ressaltar mais uma vez que até o último momento nós temos cumprido a letra e o espírito dos acordos alcançados em Minsk, não obstante todas as provocações de Poroshenko e os seus curadores transoceânicos", disse Purgin, citado pela Agência de Notícias de Donetsk.

    Na semana passada, após a cúpula dos BRICS na cidade de Ufá, na Rússia, os Estados-membros do grupo adotaram uma Declaração conjunta em que exprimem a sua "profunda preocupação com a situação na Ucrânia". Para os líderes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, que assinaram o documento, o conflito não tem solução militar, mas a única opção é "o diálogo político inclusivo".

    Os líderes dos BRICS apelaram as partes do conflito a cumprirem as obrigações assumidas com os Acordos de Minsk, de 12 de fevereiro de 2015.

    O mesmo apelo é contido na Declaração conjunta da Organização para Cooperação de Xangai (SCO), adotada na cúpula da SCO, que teve lugar depois da dos BRICS no mesmo lugar.

    Tema:
    BRICS: organização do futuro (189)

    Mais:

    Declaração de Ufá mostra expansão da agenda do bloco BRICS
    BRICS saem vencedores da guerra das sanções
    Forças de Donetsk acusam Kiev de utilizar armas químicas
    Zakharchenko anuncia eleições em Donetsk
    Tags:
    sanções, BRICS, Andrei Purgin, RPD, Donetsk, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik