00:52 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Greek Finance Minister Yanis Varoufakis gives a speech during an Financial conference in Athens, on Tuesday, May 19, 2015

    Ex-ministro grego: Eurogrupo nunca quis negociar

    © AP Photo/ Petros Giannakouris
    Mundo
    URL curta
    0 46983

    Yanis Varoufakis afirma que os ministros de Economia da zona do euro nunca entraram genuinamente nas negociações para encontrar uma solução para a crise grega.

    Os ministros de Economia da zona do euro nunca entraram de fato nas negociações para encontrar uma solução para a crise grega, afirmou o ex-ministro de Economia da Grécia, Yanis Varoufakis, ao New Statesman nesta segunda-feira, em sua primeira entrevista desde pedir demissão.

    “As negociações levaram eras porque o outro lado estava se recusando a negociar. Eles insistiam em um ‘acordo abrangente’, que significava que queriam falar sobre tudo. Minha interpretação é que quando você quer falar sobre tudo, você não quer falar sobre nada. Mas concordamos com isso. E olhe, não havia posições sobre nada apresentadas por eles”, disse Varoufakis.

    O ex-ministro grego disse também que as propostas apresentadas pelo Eurogrupo eram “absolutamente impossíveis”, “totalmente inviáveis” e “tóxicas.”

    “Eles atrasaram e depois apareceram com o tipo de proposta que você apresenta para o outro lado quando não quer um acordo”, avaliou Varoufakis.

    Segundo Varoufakis, o ministro da Economia da Alemanha, Wolfgang Schauble chegaria, se possível, ao ponto de impedir processos democráticos em países endividados.

    O ex-ministro grego pediu demissão de forma surpreendente no dia 6 de julho, um dia depois do referendo em que o povo grego disse “não” às medidas de austeridade propostas pelos principais credores do país. Varoufakis justificou sua demissão afirmando ter chegado a seu conhecimento a informação de que certos participantes do Eurogrupo preferiam sua “ausência” nas reuniões.

    Varoufakis foi substituído por Euclides Tsakalotos, que até então chefiava o time grego nas negociações com os credores. 

    Mais:

    Premier de Portugal: Grécia recebeu mais do que qualquer outro país
    Opinião: BRICS poderá viabilizar futuro da Grécia
    Putin oferece apoio ao povo da Grécia após vitória do “não” em referendo
    Tags:
    demissão, ministro, dívida, negociações, Eurogrupo, Yanis Varoufakis, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik