06:15 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Euro

    Mídia alemã: Finlândia estuda opções de saída da zona do euro

    © flickr.com/ baldheretic
    Mundo
    URL curta
    2868271

    A crise grega forçou muitos políticos finlandeses a avaliar possibilidades de saída da zona do euro – a polêmica declaração foi feita nesta segunda-feira por Richard Bifelt, secretário do partido eurocético Aliança para uma Europa de Democracias (EUD - na sigla em inglês).

    Em entrevista ao jornal alemão Deutsche Wirtschafts Nachrichte, Bifelt reforçou suas declarações com estudos do professor de economia finlandês Vesa Kanninen, que recentemente publicou uma análise com cenários de uma hipotética saída da Finalândia da zona do euro.

    Bifelt acredita que a crise grega minará de forma significativa a fé dos finlandeses na UE e forçará os políticos do país a abandonar uma maior integração ao espaço econômico europeu.

    A EUD é uma aliança pan-europeia de críticos da UE e de opositores à adesão à UE. A EUD opõe-se à continuada centralização do poder em Bruxelas e preconiza a devolução das competências aos parlamentos nacionais e regionais e uma tomada de decisões o mais próxima possível dos cidadãos.

    A entrevista com Richard Bifelt se deu na esteira do referendo grego de 5 de julho, no qual 61% dos gregos rejeitaram as reformas exigidas da Grécia pelos credores internacionais.

    A dívida da Grécia no momento é US$ 350 bilhões e, deste montante, US$ 270 correspondem à dívida ao Banco Central Europeu, ao Fundo Monetário Internacional e aos países da União Europeia.

    Nesta segunda-feira, os líderes da zona do euro chegaram a um acordo para começar a negociar um terceiro programa de resgate financeiro apresentado por Atenas na semana passada. O novo pacote de ajuda, no entanto, impõe ao governo de Alexis Tsipras uma série de duras medidas e representa grandes sacrifícios para a economia do país.

    Mais:

    Ministros e credores querem mais comprometimento da Grécia, diz oficial
    Credores internacionais aprovam programa de reformas da Grécia
    China e BRICS prontos para ajudar a Grécia
    Tags:
    Zona do Euro, EUD (Aliança para uma Europa de Democracias), Richard Bifelt, Grécia, Finlândia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik