11:16 18 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Grécia e da União Europeia, Atenas, Grécia.

    Parlamento grego aprovou programa de reformas

    © REUTERS/ Yannis Behrakis
    Mundo
    URL curta
    423608

    Depois de um longo debate, que avançou pela madrugada, o Parlamento grego aprovou, com o apoio de 250 dos 300 parlamentares, o programa de reformas apresentado na quinta-feira (9) por Atenas aos credores internacionais na tentativa de garantir um acordo sobre a dívida do país.

    A votação começou à meia-noite, no horário local. Na abertura dos trabalhos, o primeiro-ministro Alexis Tsipras pediu apoio dos parlamentares para evitar a saída do país da zona do euro. "Estamos lutando pelo direito do povo grego. Tenho certeza que essa batalha não será em vão", enfatizou. 

    Do lado de fora do Parlamento manifestantes expressaram sua indignação com o pacote de medidas, que mantém boa parte das demandas dos credores internacionais rejeitadas por 61% da população no plebiscito do último domingo (5). 

    A aprovação do Parlamento grego garante mais credibilidade ao programa de reformas, que será analisado neste sábado (11) pelos ministros de Finanças dos países da zona do euro. As conclusões desta reunião serão fundamentais para a decisão que será tomada no domingo, em um encontro de emergência entre os chefes de governo de todos os países-membros da União Europeia.

    Especialistas da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu e do Fundo Monetário Internacional passaram a sexta-feira analisando o documento de 13 páginas para produzir uma análise de risco que será submetida aos ministros durante a reunião de amanhã (11). Informações divulgadas pela imprensa europeia apontam que a avaliação dos credores internacionais foi positiva, dando sinal verde para a liberação de mais um pacote de ajuda financeira à Grécia, informou Agência Brasil.

    Mais:

    Grécia envia propostas de reformas a credores
    Grécia apela à solidariedade e lembra perdão da dívida alemã em 1953
    Autoridades europeias decidirão no final de semana se aceitam proposta da Grécia
    Tags:
    Eurogrupo, Comissão Europeia, Banco Central Europeu, FMI, Alexis Tsipras, União Europeia, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik