04:33 21 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Hacker.

    Hackers divulgam documentos que mostrariam tentativa da Ucrânia de barrar jornalistas

    © flickr.com/ Ivan David Gomez Arce
    Mundo
    URL curta
    1445110

    Novos documentos e e-mails divulgados pelo grupo de hackers CyberBerkut parecem mostrar um esforço organizado do governo ucraniano para impedir o trabalho de jornalistas na Ucrânia. O material seria do Ministério de Política de Informação e revela a tentativa de se evitar a entrada de profissionais de imprensa no país.

    Os “indicadores de risco” para um possível jornalista, segundo os documentos divulgados, incluem câmeras, cartões de memória e a palavra “press” escrito em objetos. O material também mostra uma proibição de acreditação, não só para a mídia russa, mas também a Voz da América, mantida pelo governo dos EUA, e do serviço em russo da BBC, bem como da Euronews-Rússia. Os e-mails incluem fotografias feitas em uma viagem de funcionários do ministério à zona de conflito de Donbass.

    De acordo com um e-mail, aparentemente enviada pela vice-ministra da Política de Informação, Tetyana Popova, a lista foi compilada pelo Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU). A lista de meios proibidos de acreditação inclui estações de televisão e de rádio, agências de notícias, jornais e sites de notícias, incluindo a Sputnik. O órgão afirmou anteriormente que fez uma lista de saída para 115 mídias em fevereiro, mas esta nunca foi oficialmente conhecida.

    Tags:
    impedir, veículos de imprensa, ciberataque, hackers, proibição, jornalistas, Euronews, Voz da América, CyberBerkut, BBC, Donbass, EUA, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik