07:07 18 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Secretário do Estado dos EUA John Kerry com chanceler iraniano Mohammad Javad Zarif durante negociações sobre o programa nuclear iraniano

    Negociações com o Irã: 'Não chateiem os iranianos! E os russos também!'

    © AP Photo/ Ronald Zak
    Mundo
    URL curta
    171571433

    A mídia iraniana contou uma história curiosa que aconteceu durante as negociações do sexteto e o Irã sobre o programa nuclear iraniano na tarde desta quarta-feira (8) no hotel Palais Coburg, em Viena.

    Segundo os jornalistas presentes no local, a voz do chanceler iraniano Mohammad Javad Zarif foi audível até dentro das portas fechadas da sala onde decorriam as negociações.

    As fontes das agências iranianas como IRNA, ISNA e outras relatam que o ministro do Exterior do Irã elevou a voz durante a segunda hora das negociações quando o secretário de Estado dos EUA John Kerry declarou mais uma vez suspeitas de que o Irã alegadamente mina a segurança no Oriente Médio. Levantando-se do seu lugar ele dirigiu-se com voz irritada à delegação americana com as palavras “Se nós ameaçamos a segurança na região, o que vocês fizeram quando deram liberdade de ação a Saddam Hussein [Zarif referiu-se à Guerra Irã-Iraque de 1980-1988 quando os EUA apoiaram o líder do Iraque Saddam Hussein]. Não chateiem os iranianos. Isso pode prejudicar as coisas!”.

    Fez-se uma pausa. Provavelmente, alguns ministros dos países-mediadores pensaram que os muitos anos de negociações podiam acabar em nada nesse mesmo instante. O silêncio foi interrompido pela chefe da diplomacia europeia Federica Mogherini que supostamente disse que ia abandonar as negociações se o chanceler iraniano não se acalmasse. Assim Zarif sentou-se e disse num tom calmo mas resoluto “Tomem em conta que sob nenhuma circunstância é possível ameaçar o Irã. Não chateiem os iranianos, não dará bom resultado”. Uma outra fonte afirmou que o ministro do Exterior russo Sergei Lavrov apoiou a mensagem do homólogo iraniano dizendo “[não chateiem] os russos também”.

    Tags:
    programa nuclear iraniano, escândalo, negociações, Federica Mogherini, Mohammad Javad Zarif, John Kerry, Áustria, Irã, Iraque, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik