13:46 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Grécia e da União Europeia, Atenas, Grécia.

    Grécia confirma a intenção de permancer na zona do euro

    © REUTERS/ Yannis Behrakis
    Mundo
    URL curta
    0 18704

    A Grécia confirmou sua intenção de permanecer na zona do euro em um pedido formal de um terceiro programa de ajuda financeira apresentado nesta quarta-feira ao Mecanismo de Estabilidade Europeu (ESM, na sigla em inglês), o fundo de resgate da zona do euro.

    Segundo a agência France Press, o pedido foi feito para um novo programa de três anos. No entanto, o ESM ainda não informou oficialmente os detalhes do documento.

    "Nós confirmamos o compromisso da Grécia de permanecer membro da zona do euro e respeitar as regras e os procedimentos de regulação na qualidade de um país-membro [da zona]" – diz o texto do pedido.

    Na terça-feira (7), o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, revelou que após o pedido chegar ao ESM seria convocada uma reunião urgente, por teleconferência, dos ministros das Finanças da zona do euro para começar o processo de avaliação do pedido.

    O pedido formal de ajuda do governo grego ao fundo do euro é o primeiro passo exigido pelos líderes das instituições da região para a avaliação de um terceiro pacote de resgate para Atenas. Para obter a nova ajuda, Grécia ainda terá de apresentar, até a noite de quinta-feira (9), propostas concretas de reformas que o país estaria disposto a executar em troca do novo pacote financeiro.Essas medidas serão avaliadas pela Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional. Tudo isso deverá ocorrer até domingo (12), quando está marcada nova cúpula, considerada decisiva para a Grécia.

    A dívida da Grécia no momento é US$ 350 bilhões e, deste montante, US$ 270 correspondem à dívida ao Banco Central Europeu, ao Fundo Monetário Internacional e aos países da União Europeia.

    No domingo passado, 5 de julho, 61 por cento dos gregos votaram no referendo nacional contra as medidas propostas pelos credores da Grécia, enquanto 39 por cento votaram em favor.

    Mais:

    Hollande: acordo sobre dívida da Grécia ainda é possível
    Moscou recebe sinais de que Grécia quer juntar-se ao Banco BRICS
    Ex-Ministro Ernane Galvêas: “Estão tratando a Grécia com muita severidade”
    Tags:
    ajuda financeira, dívida, Zona do Euro, Mecanismo de Estabilidade Europeu, União Europeia, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik