02:13 24 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    O premiê da Grécia, Alexis Tsipras, chega ao Parlamento Europeu.

    Alexis Tsipras faz duro discurso contra o FMI e o BCE no Parlamento Europeu

    © REUTERS/ Vincent Kessler
    Mundo
    URL curta
    2929221

    O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, não poupou palavras para criticar o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Central Europeu (BCE) em discurso, nesta quarta-feira (8), no Parlamento Europeu. O premier disse que o governo grego reivindica um acordo que leve o país para fora da crise.

    “A Grécia foi cobaia de um experimento de austeridade que não deu certo… O dinheiro de vocês serviu para salvar os bancos, nunca chegou ao povo grego. O problema não está nestes últimos cinco meses, mas sim, nos últimos cinco anos”, afirmou Tsipras aos deputados europeus.

    Ele prometeu apresentar até o próximo domingo, data limite estipulada para um consenso, um pacote de medidas aos credores internacionais que inclua a reestruturação da dívida grega. Caso o acordo não seja alcançado dentro do prazo, a Grécia deixará a Zona do Euro, o que vai gerar um forte impacto político e financeiro no bloco.

    Tsipras comentou no Parlamento Europeu sobre o plano de resgate à economia do país feito em 2010. “O dinheiro de vocês serviu para salvar os bancos, nunca chegou ao povo grego. O problema não está nestes últimos cinco meses, mas sim, nos últimos cinco anos.”

    No domingo (5), os gregos rejeitaram em referendo a última proposta feita pelos credores internacionais em troca de novos aportes financeiros para a Grécia.

    Tags:
    economia, pacote, programa, saída, dívida, resgate, cobaia, discurso, credores internacionais, referendo, plebiscito, Zona do Euro, BCE, Banco Central Europeu, Parlamento Europeu, Fundo Monetário Internacional, FMI, Alexis Tsipras, Europa, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik