13:27 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Casa destruída após ataque aéreo da Arábia Saudita a Hajja, no Iêmen.

    Ataque aéreo saudita no Iêmen termina com pelo menos 30 mortos

    © REUTERS/
    Mundo
    URL curta
    3441010

    Ao menos 30 pessoas foram mortas em ataque da Força Aérea da Arábia Saudita contra um mercado no noroeste do Iêmen, segundo informou a imprensa local.

    "O mercado na província de Hajjah foi bombardeado, causando 30 mortes de civis", de acordo com um comunicado da agência iemenita SABA.

    Mapa do Iêmen em uma sala destinada às negociações na sede da ONU em Genebra, em 15 de junho
    © AFP 2017/ FABRICE COFFRINI
    A agência não especificou o número de feridos.

    O movimento houthi Ansar Allah organizou em agosto de 2014 protestos devido a decisão do governo de reduzir os subsídios para a compra de petróleo e por conta de um aumento acentuado nos preços dos combustíveis.

    Posteriormente, os houthis lançaram uma ofensiva em várias regiões do país e, quase sem resistência, conseguiram se apoderar da capital.

    Desde o final de março de 2015 uma coalizão de países árabes realiza ataques aéreos contra os houthis a fim de restabelecer no poder o presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi e seu governo.

    Mais:

    1.200 presos escapam de prisão no Iêmen enquanto bombardeios sauditas atingem a população
    ONU: há chance de chegar a acordo sobre cessar-fogo no Iêmen em breve
    Bombardeio saudita atinge comboio de civis e mata 31 pessoas no Iêmen
    Irã: Rússia tem a força para levar a paz ao Iêmen
    Tags:
    coalizão, guerra civil, conflito armado, Abd Rabbuh Mansur Hadi, Península Arábica, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik