17:08 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 09
    Nos siga no

    Diversos postos militares na província de Sinai do Norte, no Egito, foram atacados nesta quarta-feira (1), de acordo com fontes da segurança egípcia. Pelo menos 30 pessoas morreram.

    Policemen and army forces are seen at the site of a car bomb attack on the convoy of Egyptian public prosecutor Hisham Barakat near his house at Heliopolis district in Cairo, Egypt
    © REUTERS / Mohamed Abd El Ghany
    O grupo Província de Sinai, braço do Estado Islâmico no país, reivindicou a autoria das ações pelo Twitter. Os militantes, segundo o informe, teriam atacado 15 instalações de segurança e feito três ataques suicidas.

    Já o porta-voz do Exército egípcio, Mohammed Samir, afirmou que aproximadamente 70 terroristas atacaram cinco postos de controle. Houve reação e 22 extremistas morreram e três veículos do grupo foram destruídos, disse o militar. Segundo o médico Osama el-Sayed, que trabalha no Hospital Geral El-Arish, 30 corpos chegaram ao local. Muitos trajavam uniformes militares.

    O Egito decretou alerta máximo nas instalações governamentais, de segurança e em hospitais.

    Tags:
    alerta máximo, explosões, ataques, atentados, Província de Sinai, Estado Islâmico, Sinai, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar