05:45 19 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    EUA e Cuba

    EUA e Cuba devem anuncia a abertura das embaixadas nesta quarta-feira

    © REUTERS/ Enrique de la Osa
    Mundo
    URL curta
    0 12

    Enquanto os dois países trabalham no sentido de normalizar suas relações diplomáticas, Estados Unidos e Cuba estão prestes a anunciar na quarta-feira (31) a reabertura de embaixadas em Washington e Havana.

    Em declarações à Associated Press sob condição de anonimato, um alto funcionário do governo Obama disse que o presidente dos EUA e o secretário de Estado John Kerry irão anunciar os planos para reabrir a embaixada de Cuba na quarta-feira de manhã.

    A notícia veio após senadores norte-americanos pedirem a reabertura das embaixadas durante visita à capital cubana, no sábado (27).

    "Temos que abrir uma embaixada, uma embaixada plena", disse o senador Patrick Leahy de Vermont, visitante frequente de Cuba. "Alguns no Congresso se opõem a abri-la. Eu gosto de dizer que eles estão em grande minoria".

    "Uma das razões da importância de se ter uma missão plena dos Estados Unidos  em Cuba é que esta pode representar os interesses americanos", acrescentou.

    A reabertura das embaixadas marcaria mais um grande passo no restabelecimento dos laços diplomáticos entre os dois países depois de mais de cinco décadas de antagonismo.

    No mês passado, Washington retirou oficialmente Cuba da lista de Estados patrocinadores do terrorismo. A medida foi saudada por Moscou, que expressou esperanças de que a decisão do governo americano, que elabora a cada ano sua lista de países patrocinadores do terrorismo, beneficie as relações entre Havana e Washington.

    Mais:

    Mais perto dos EUA, Cuba precisa de aliados seguros como Rússia e China, diz especialista
    Opinião: Cuba é o país latino-americano que mais zela pela soberania nacional
    EUA manipulam economia de Cuba
    Tags:
    relações diplomáticas, retomada, embaixada, Casa Branca, EUA, Cuba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik