03:10 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    201
    Nos siga no

    O governo da Grécia teria pedido € 6 bilhões ao Banco Central Europeu (BCE) nesta segunda-feira (29) pois estaria preocupado com a grande quantidade de saques nos bancos do país. A iniciativa teria sido rejeitada pela instituição continental. As informações foram divulgadas pela agência Reuters citando fontes familiarizadas com o assunto.

    Os informantes teriam afirmado que o pedido levava a assinatura do presidente do Banco Central da Grécia, Yanis Stournaras. Eles disseram ainda que “a pós a convocação de referendo e o colapso das conversas, ninguém poderia fazer algo diferente do que acabou acontecendo”.

    O BCE havia informado na sexta-feira (26) que manteria a liquidez urgente dos bancos da Grécia, embora pudesse rever a decisão. A instituição financeira europeia vem socorrendo as gregas, segundo o programa de aportes negociado, cujo valor de € 89 bilhões estaria perto do final.

    A Grécia amanheceu nesta segunda-feira com todos os bancos fechados e os saques em caixa eletrônico limitados a € 60. O governo grego ainda não anunciou novas medidas, mas garante que protegerá o sistema bancário. Na sexta-feira, o parlamento do país aprovou a proposta do Primeiro-Ministro Alexis Tsipras para a realização de um plebiscito no domingo, 5 de julho, sobre a aceitação do programa dos credores internacionais em troca de mais ajuda financeira.

    Tags:
    fechamento, bancos, referendo, plebiscito, ajuda financeira, pacote, Banco Central da Grécia, Banco Central Europeu, Yanis Stounaras, Alexis Tsipras, Europa, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar