00:41 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Praça da Paz Celestial, Pequim, China.

    China corta juros novamente para impulsionar o crescimento econômico

    liondw
    Mundo
    URL curta
    6141

    O Banco do Povo da China (o BC chinês) anunciou neste sábado (27) um corte na taxa de juros e uma redução no valor em espécie que as instituições financeiras precisam manter. O objetivo é impulsionar a economia do país, cujo crescimento deve ser o pior em 25 anos e cujo mercado de ações vem sofrendo sucessivas quedas nos últimos dias.

    A taxa de juros anual foi reduzida em 0,25 ponto percentual, caindo para 4,85% ao ano. A taxa de depósito diminuiu o mesmo índice, chegando a 2%. O Banco do Povo também cortou em 0,50 ponto percentual a exigência de reservas dos bancos que financiam a agricultura e as pequenas e médias empresas.

    Segundo o BC chinês, os cortes ajudarão “a estabilizar o crescimento, ajustar as estruturas e baixar os custos do financiamento social”. Em 10 de maio, a China já havia diminuído as taxas de juros. A redução anunciada neste sábado é a quarta promovida pela instituição desde novembro do ano passado.

    “O Banco Central continuará implementando uma política monetária prudente, usando várias ferramentas para fortalecer e melhorar o controle macroeconômico, otimizar combinações de medidas e criar ambientes monetário e financeiro neutros e apropriados para ajustes da economia e crescimento”, destacou a instituição em um comunicado publicado em seu site.

    Tags:
    taxa de depósito, taxa de juros, reservas, política monetária, redução, crescimento, corte, economia, Banco do Povo, Banco Central, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar