21:23 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    253
    Nos siga no

    O governo da Tunísia pretende fechar 80 mesquitas, que não estão sob controle estatal, durante a próxima semana, por apologia à violência, informou Reuters, citando as palavras do primeiro-ministro do país, Habib Essid.

    O governo da Tunísia anunciou a medida como resposta ao ataque, realizado nesta sexta-feira, contra turistas em um balneário do país.

    Nesta sexta-feira, terroristas atiraram contra turistas, em um balneário nos arredores da cidade de Sousse. Segundo fontes oficiais, 39 morreram e 40 ficaram feridos. Um dos terroristas morreu durante o atentado. O Estado Islâmico reivindicou o atentado. 


    Tags:
    Estado Islâmico, Habib Essid, Tunísia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar