20:30 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira da Grécia ao lado da deusa Atena

    Grécia anuncia referendo sobre termos do programa de resgate financeiro para 5 de julho

    © REUTERS/ Alkis Konstantinidis
    Mundo
    URL curta
    0 41

    O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, anunciou nesta sexta-feira (26) a convocação de um referendo para dia 5 de julho para decidir se o país aceita as demandas impostas pelos credores em troca de mais ajuda financeira.

    "Estamos vivendo um momento histórico em relação às batalhas e sacrifícios feitos pelo povo grego", disse Tsipras após uma reunião de gabinete em um discurso para TV grega. "Esta responsabilidade nos força a responder às demandas dos credores com o desejo da população grega.”

    Neste sábado (27), em Bruxelas, será realizada mais uma reunião do Eurogrupo. Este novo encontro dos ministros das Finanças da zona euro, o quarto na mesma semana e o quinto em dez dias, tem como objetivo chegar a um acordo com a Grécia quanto às medidas a serem adotadas pelo país e acontece a três dias do final do prazo para Atenas pagar 1,6 bilhão de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI), informou Agência Brasil.

    Segundo fontes diplomáticas, se houver acordo e se o Parlamento grego aprovar as medidas no domingo ou na segunda-feira, serão desbloqueados imediatamente para a Grécia 1,8 bilhão de euros de lucros que o Banco Central Europeu (BCE) fez com a dívida pública grega, a tempo de Atenas pagar o empréstimo devido ao FMI, cujo prazo termina no dia 30 deste mês.

    A proposta dos credores contempla mais financiamento até novembro, mês até o qual deverá ser estendido o atual programa de resgate. No total, os cofres gregos podem receber 15,5 bilhões de euros adicionais nos próximos cinco meses para honrar as obrigações financeiras com o FMI e com o BCE. A liberação desses recursos, entretanto, está condicionada à execução das medidas eventualmente acordadas.

    Mais:

    Encontro do Eurogrupo sobre a Grécia termina sem acordo
    Maioria dos franceses não quer que a Grécia saia da UE
    UE adverte que irá suspender ajuda à Grécia no caso de sua saída do euro
    Deputado grego: saída da zona do euro fará mal à Europa, não à Grécia
    Tags:
    referendo, dívida externa, FMI, Banco Central Europeu, Alexis Tsipras, União Europeia, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik