11:16 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Ambassador

    Vídeo de diplomata dos EUA com organizador de protestos provoca escândalo no Quirguistão

    YouTube / Inform Agency 24.kg
    Mundo
    URL curta
    2428

    A publicação de um vídeo no YouTube causou um escândalo na república do Quirguistão. As imagens mostram uma reunião do diplomata norte-americano Richard Miles com organizadores de uma manifestação.

    Na quarta-feira (24), algumas dezenas de pessoas, organizadas por grupos sociais e dos direitos civis, se reuniram em frente ao prédio presidencial na capital do Quirguizistão, Bishkek, para protestar contra uma iniciativa do governo de realizar um referendo sobre possíveis alterações na constituição quirguiz. Os manifestantes mostraram retratos de membros do governo com seus rostos cruzados e carregavam cartazes dizendo “Não vendam o país!” e “não violem a Constituição”.

    As mudanças constitucionais propostas no referendo incluem uma série de iniciativas que alteram a composição do parlamento, a estrutura do Supremo Tribunal, bem como medidas destinadas a reforçar o controle do partido sobre os deputados. Se isso se concretizar, seria a nona vez que a Carta Magna do Quirguistão será alterada desde a independência do país em 1992. A atual Constituição, instituída em 2010, foi aprovado pelo Conselho da Comissão de Veneza da Europa, e proíbe novas alterações até 2020.

    O escândalo que eclodiu na quarta-feira à noite aconteceu após a publicação no YouTube por um anônimo de um vídeo mostrando o organizador protesto do protesto, Nurbek Toktakunov, líder de uma ONG, se encontrando com encarregado de Negócios da Embaixada dos EUA, Richard Miles, logo após a manifestação. O vídeo mostra Toktakunov no protesto e, em seguida, indo para seu escritório. Posteriormente, SUVs brancos com placas diplomáticas dos EUA chegam ao local. O autor pergunta:

    “Qual foi a razão por trás da reunião do diplomata norte-americano com um organizador de ONG? Talvez Toktakunov seja responsável por seu trabalho ante os americanos para organizar a manifestação de protesto?"

    A grande atenção do escândalo na mídia local forçou Toktakunov a tentar explicar o encontro com Miles, que tem sido descrito como um “gênio das revoluções coloridas”. O líder da ONG disse à agência de notícias quirguiz 24.kg que a reunião havia sido planejada há muito tempo. “Originalmente, foi agendada para 18 de junho, mas eu estava ocupado e me esqueci. Por isso, eles (Embaixada dos EUA) a adiaram para o dia 24. Não tinha nenhuma relação com os acontecimentos de ontem.”

    A explicação de Toktakunov não acalmou os receios da mídia do Quirguizistão. Desde a nomeação de Miles como encarregado de Negócios da Embaixada dos EUA, em fevereiro, a imprensa local recordou repetidamente que o veterano diplomata já havia trabalhado em países que passaram por revoluções coloridas, incluindo a Sérvia e a Geórgia. 

    Tendo experimentado uma revolução colorida em 2005, jornalistas do país publicaram que as preocupações aumentaram em abril, quando foi revelado que os EUA haviam enviado um avião misterioso de propriedade da Ucrânia com mais de 150 toneladas de “correio diplomático” dos Emirados Árabes Unidos para sua Embaixada norte-americana em Bishkek. A mídia não descarta a possibilidade de que a “carga diplomática” poderia ter sido usada para o planejamento de uma outra revolução colorida no país.

    Tags:
    revolução colorida, alterações, mudanças, constituição, organizador, manifestação, protestos, Embaixada dos EUA, YouTube, Richard Miles, Ucrânia, Bishkek, Quirguistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar