02:53 24 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Hinkley Point, Somerset, Inglaterra

    Áustria apresentará reclamação à UE contra projeto nuclear britânico

    © AFP 2018/ JUSTIN TALLIS
    Mundo
    URL curta
    0 181

    A Áustria pretende apresentar na próxima semana uma reclamação formal na União Europeia contra os subsídios destinados à construção da usina nuclear de Hinkley Point C, no sudoeste da Inglaterra.

    "Nós não podemos aceitar uma tecnologia como essa sendo retratada, através de subsídios, como algo moderno, sustentável e orientado para o futuro", declarou o chanceler austríaco, Werner Faymann, nesta terça-feira. Segundo Viena, a queixa que será encaminhada a Bruxelas, já discutida informalmente no ano passado, também terá um valor simbólico e mais amplo contra o uso da energia nuclear, criticada por muitos ambientalistas. 

    A central de Hinkley Point, no condado de Somerset, onde a companhia francesa EDF construirá dois novos reatores, é considerado um dos destaques da indústria de energia nuclear, quatro anos após o desastre de Fukushima, no Japão. Apesar da pressão de grupos de defesa do meio ambiente e de alguns governos europeus, o projeto, no valor de US$ 26 bilhões, foi aprovado sem problemas pela Comissão Europeia. 

    "Nós estamos certos de que a decisão sobre os auxílios estatais da Comissão Europeia para Hinkley Point C é legalmente robusta e não temos nenhuma razão para acreditar que a Áustria apresentará um desafio de qualquer mérito", disse um porta-voz do Departamento de Energia e Mudanças Climáticas do Reino Unido.

    Para os ambientalistas europeus, o projeto britânico representará um apoio completamente desnecessário ao desenvolvimento da energia nuclear, justo no momento em que o uso das fontes renováveis de energia, como a solar e a eólica, estão ganhando força no continente. Mas a Comissão Europeia defende que a escolha da fonte energética, por mais controversa que seja, deve ficar a cargo de cada país. 

    Mais:

    Rússia e Coreia do Norte discutem segurança nuclear
    Incêndio florestal perto da usina nuclear de Chernobyl
    Rússia está pronta para construir a primeira usina nuclear da Malásia
    Desastre nuclear de Fukushima põe em questão segurança de Usina de Angra
    Tags:
    usina nuclear, energia nuclear, energia solar, energia eólica, energia, Hinkley Point C, Comissão Europeia, União Europeia, EDF, Werner Faymann, Japão, Fukushima, Bruxelas, Viena, França, Hinkley Point, Somerset, Europa, Áustria, Reino Unido, Inglaterra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik