11:04 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Arkadi Dvorkovich, vice primer ministro de Rusia

    Vice-premiê russo minimiza efeito das sanções ocidentais sobre o país

    © Sputnik / Igor Russak
    Mundo
    URL curta
    0 151
    Nos siga no

    O vice-primeiro-ministro da Rússia, Arkady Dvorkovich, afirmou nesta quinta-feira (18) que as sanções ocidentais não têm efeito significativo sobre a economia russa. Segundo ele, o país enfrentou mais problemas com a crise global dos preços do petróleo.

    “Dissemos desde o início que todas as sanções eram contraproducentes, não dariam frutos e teriam um efeito negativo sobre todos, tanto para Europa, quanto, infelizmente, para nós. Foi isto que aconteceu. A Europa perdeu, e parcialmente também nós. Mas eu não diria que o efeito global das sanções contra nós são significativos”, disse Dvorkovich ao canal de televisão Rossiya-24.

    De acordo com Dvorkovich, as sanções não foram a principal razão para a desaceleração econômica russa. “À luz da ainda elevada dependência de nossa economia dos preços do petróleo, em outras fontes de energia, a queda nos preços nos afetou mais do que as sanções.”

    Economia russa registra desaceleração desde 2014. A recessão tem sido atribuída à crise global dos preços do petróleo e as tensões geopolíticas.

    A União Europeia, ao lado dos EUA e outros países ocidentais, impuseram sanções à Rússia, tendo como alvo os setores bancários, de defesa e de energia do país, por seu alegado papel na crise ucraniana. Moscou tem repetidamente negado essas acusações.

    Os preços globais do petróleo caíram drasticamente devido ao excesso de oferta no mercado desde o verão de 2014. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) decidiu em novembro manter seus níveis de produção inalterada, o que levou a uma nova queda nos valores.

    Na quarta-feira (17), o Comitê dos Representantes Permanentes da União Europeia aprovou a prorrogação das sanções à Rússia até 31 de janeiro. A decisão será oficializada na reunião de chanceleres do bloco que acontecerá na segunda-feira (22).

    Tags:
    recessão, restrições, economia, sanções, petróleo, União Europeia, OPEP, Arkady Dvorkovich, Moscou, Ucrânia, EUA, Ocidente, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar