02:33 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    3553
    Nos siga no

    Cada vez mais desconfiada da atividade da OTAN ao longo de suas fronteiras, a Bielorrússia começou nesta segunda-feira (15) exercícios militares em seus limites com a Ucrânia. Segundo o Ministério da Defesa bielorrusso, o objetivo é fortalecer a região.

    Os exercícios buscam praticar um reforço gradual das fronteiras do país com a Ucrânia. O Ministério da Defesa da Bielorrússia apresentou um relatório ao Presidente Alexander Lukashenko, que observou atividades da OTAN junto aos limites do território bielorrusso.

    “É melhor para desenvolver o exército de tal forma que ninguém sequer pense em dar-nos um olhar de soslaio, ou seja, as Forças Armadas devem ser poderosas", disse Lukashenko nesta segunda-feira.

    Os exercícios, realizados sob a autoridade do vice-ministro da Defesa bielorrusso, Mikhail Puzikov, envolvem unidades de defesa territoriais locais que consistem em reserva militares.

    "A Aliança do Atlântico Norte (OTAN) aumentou seus exercícios por mais de 1,5 vezes em relação ao ano passado, incluindo exercícios em grande escala perto da fronteira da Bielorrússia”, segundo relatou o serviço de imprensa do presidente bielorrusso.

    A Bielorrússia também começou treinos de combate ao terrorismo com a China e um concurso para as tropas de reconhecimento no oeste do país nesta segunda-feira.

    Tags:
    Defesa, reforço, fronteira, exercício militar, treinamento, OTAN, Ucrânia, Bielorrússia, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar