08:39 25 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Two nuclear submarines delivered to Zvezda plant for recycling

    Rússia já eliminou 195 submarinos nucleares soviéticos

    © Sputnik/ Vitaliy Ankov
    Mundo
    URL curta
    0 221

    A corporação atômica russa Rosatom está perto de completar a eliminação dos submarinos de propulsão nuclear e embarcações de apoio de fabricação soviética desativados. Atualmente, 195 dos 201 submergíveis já foram desintegrados. A operação deverá ser concluída até 2020.

    “Nós começamos a eliminação de navios de apoio técnico e de depósito. Em 2020, esperamos ter completado a eliminação de todos os 14 navios de apoio desativados das Frotas do Norte e do Pacífico, bem como dois navios de apoio Atomflot”, afirmou o CEO da Rosatom, Sergei Kirienko, durante o Fórum 70 Anos da Rússia Atômica, em Chelyabinsk.

    O executivo afirmou que 195 dos 201 submarinos foram desmantelados e reciclados. Seis submarinos estão esperando. Ele destacou que atualmente não há submergíveis na fila para a eliminação. “Em 1999, quando Rosatom foi encarregada do processo havia 120 submarinos aguardando", disse Kirienko.

    A Rússia concluiu em 2014 a eliminação do navio depósito Volodarsky. Atualmente, o navio depósito Lepse está passando pelo mesmo processo. Dentro de seis meses, estará livre de todo o combustível nuclear. Em seguida, será preparado para o desmantelamento.

    Kirienko também apontou que, sob o programa de segurança radioativa Nuclear 2, foram desenvolvidos novos equipamentos e tecnologias, incluindo a reciclagem para o combustível de urânio-berílio do projeto 705, que contava com submarinos equipados com reatores de metal líquido.

    Tags:
    reciclagem, desativação, eliminação, submarino atômico, submarino nuclear, Frota do Norte, Frota do Pacífico, Rosatom, Sergei Kirienko, Chelyabinsk, União Soviética, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik