10:57 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1811
    Nos siga no

    O presidente russo Vladimir Putin é, provavelmente, o líder mais respeitado e temido no mundo e ele é também muito popular no seu país, declarou o general norte-americano na reserva Jack Keane.

    A declaração foi feita no canal de TV norte-americano Fox News.

    O general opina que a Europa e os EUA "não têm vontade nem intenção de fazer frente a Putin. Eles podem introduzir mais sanções contra ele, mas ele vai ignorá-las”.

    O analista militar lamentou que os EUA não tivessem tomado decisões que poderiam ter feito a diferença e apresentou a lista de tais decisões:

    “Fornecimento de ajuda aos ucranianos, de força letal que faria a diferença em um campo de batalha, mobilização de forças significativas para a região do Báltico para que Putin não pudesse fazer o mesmo como o seu segundo passo.”

    Jack Keane opina que o alvo principal de Putin é “questionar toda a existência da OTAN. Ele sabe que a aliança transatlântica é fraca e planeja se aproveitar deste fato.”

    O general também disse que não tem visto passos decisivos da Europa ou os EUA contra a influência da Rússia:

    “Tudo o que se pode ouvir deles é retórica. Pode acontecer o reforço das sanções, mas mesmo os europeus estão deixando essa política. E se deixarem, as sanções nada farão a Putin.”

    O general comentou a situação no referente à China:

    “Muitas pessoas durante muito tempo pensavam que a China tinha uma política militar defensiva. Só recentemente eles mudaram a estratégia. Eles claramente gostariam de dominar o Pacífico ocidental. E eles serão mais agressivos e mais assertivos, estão construindo ilhas artificiais no mar da China Meridional.”

    Tags:
    opinião, OTAN, Vladimir Putin, União Europeia, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar