23:17 20 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 39
    Nos siga no

    O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou neste domingo, na cúpula do G7, que planeja enviar mais 125 militares ao Iraque para ajudar na luta contra o grupo Estado Islâmico (EI).

    O encontro entre os líderes do G7, composto por Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos acontece neste fim de semana, na Alemanha, no hotel Schloss Elmau.

    Segundo a britânica BBC, David Cameron classificou as atividades militares do Estado Islâmico como a “maior ameaça” para os líderes do G7 e declarou que a maior parte dos 125 militares que treinarão as forças iraquianas estarão encarregados de mostrar aos soldados locais como lidar com explosivos.

    De acordo com a imprensa britânica, os 125 militares elevarão a 275 o número de integrantes do Reino Unido apoiando o governo do Iraque na luta contra o EI.

    O anúncio de Cameron veio antes de uma reunião com o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, que foi convidado para participar do segundo dia da cúpula do G7 e discutir os avanços do Estado Islâmico em seu país.

    Mais:

    Casa Branca: sanções antirrussas continuarão apesar de consequências à economia da UE
    Chancelaria russa estudará projeto de comissão de estudos do Estado Islâmico para OCX
    Bandeira do Estado Islâmico hasteada na Bósnia
    Forças sírias e Estado Islâmico travam batalhas próximo às fronteiras com Iraque e Turquia
    Tags:
    treinamento militar, Cúpula do G7, Estado Islâmico, G7, David Cameron, Iraque, Grã-Bretanha, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar