08:19 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Segurança cibernética.

    China diz que acusação dos EUA sobre hackers é irresponsável e contraproducente

    @Flickr
    Mundo
    URL curta
    164

    A China reagiu nesta sexta-feira (5) às afirmações de que hackers baseados em território chinês estariam por trás dos ataques cibernéticos que roubou dados de quatro milhões de funcionários federais dos EUA.

    O jornal Washington Post publicou, na quinta-feira (4), citando fontes norte-americanas, que a ação anunciada pelo governo do país partira de criminosos virtuais com base na China. Segundo um comunicado divulgado pelo porta-voz da Embaixada chinesa nos EUA, Zhu Haiquan, a “acusação é irresponsável e contraproducente”.

    “Os ataques cibernéticos realizado em todos os países são difíceis de controlar e, portanto, a origem dos ataques é difícil identificar. Tirar conclusões precipitadas e fazer acusação hipotética é irresponsável e contraproducente”, diz a nota divulgada por Zhu Haiquan.

    O porta-voz lembrou os grandes avanços da China no combate aos ataques cibernéticos e destacou que as leis chinesas proíbem todas as formas dos chamados cibercrimes. Haiquan disse ainda que o problema é uma ameaça global que só poderá ser resolvido com cooperação internacional baseada na confiança mútua e no respeito recíproco.

    “Esperamos que todos os países do mundo possam trabalhar de forma construtiva, em conjunto, para resolver as questões da segurança cibernética, avançar na formulação de regras e normas internacionais no ciberespaço, a fim de construir um ciberespaço pacífico, seguro, aberto e cooperativo”, acrescentou o porta-voz chinês.

    Tags:
    leis, reação, acusação, segurança cibernética, ataque cibernético, hackers, Embaixada da China, Washington Post, China, Washington, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar