19:55 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Sede do Fundo Monetário Internacional (FMI)

    FMI afirma que PIB ucraniano cairá 9% em 2015

    © flickr.com/ International Monetary Fund
    Mundo
    URL curta
    0 53291

    O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou uma nova previsão de crescimento para a economia ucraniana neste ano. Segundo a instituição, o Produto Interno Bruto da Ucrânia (PIB) cairá 9% em 2015, e não apenas 5,5%, como havia sido indicado no mês passado.

    Em sérias dificuldades após um ano de conflitos internos e decisões equivocadas, a situação da economia ucraniana, que caiu 6,8% em 2014, deve ficar ainda pior em 2015. Com o aumento dos preços da energia e a taxa de câmbio desfavorável, a inflação no país deve chegar a 46%, de acordo com o FMI. 

    Para o Banco Mundial, no entanto, o atual cenário econômico deverá implicar em uma queda não superior aos 7,5%, enquanto o governo ucraniano segue acreditando que o crescimento será mesmo de —5,5%.

    Apesar das expectativas negativas de todos os lados, o Fundo Monetário Internacional, que ofereceu um empréstimo de US$ 17,5 bilhões ao presidente Pyotr Poroshenko, acredita que é possível apontar alguns pontos positivos alcançados pelo país, como o aumento das reservas internacionais, a estabilização das taxas de câmbio e uma recuperação dos depósitos bancários em moeda local. 

    "As autoridades ucranianas reconhecem que as reformas econômicas são indispensáveis para o restabelecimento da estabilidade financeira e a restauração de um crescimento robusto e durável", declarou a organização através de um comunicado oficial, sem mencionar que essas reformas incluem uma série de cortes orçamentais prejudiciais à população e um extenso programa de privatizações que afetará principalmente o setor energético nacional. 

     

    Mais:

    Yatsenyuk pede a Washington que compre estatais ucranianas
    Rússia: Falta de pagamento de dívida por Ucrânia não afetará economia russa
    Líder da oposição ucraniana denuncia interesses por trás da megaprivatização do país
    Tags:
    PIB, inflação, economia, Banco Mundial, FMI, Pyotr Poroshenko, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik