10:59 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    EUA pressionam Cuba para abrir Embaixada na ilha até abril

    EUA retiram Cuba da lista de países terroristas

    © REUTERS/ Stringer
    Mundo
    URL curta
    Normalização de relações entre Cuba e EUA (67)
    0 22

    O departamento de Estado norte-americano anunciou nesta sexta-feira (29) que Cuba foi formalmente retirada da lista dos países que contribuem com o terrorismo.

    “O prazo de 45 dias que o Congresso tinha para notificação terminou e o Secretário de Estado decidiu rescindir a designação de Cuba como Estado Patrocinador do Terrorismo, efetivamente a partir de hoje”, afirmou o porta-voz do departamento de Estado norte-americano, Jeff Rathke, em nota oficial.  

    A retirada de Cuba da lista era uma reivindicação do governo cubano para o pleno restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países. O processo de reaproximação foi iniciado no ano passado, em dezembro, quando os presidentes Barack Obama e Raúl Castro anunciaram o início do diálogo para o pleno restabelecimento, após quase 50 anos de rompimento.

    Os dois países trabalham em conjunto em reuniões em Washington e em Havana para acertar os pontos necessários para a plena retomada e especialmente para a reabertura das respectivas embaixadas em Cuba e nos Estados Unidos.

    A intenção do presidente norte-americano de retirar Cuba da lista foi anunciada em abril, pouco antes do início da Cúpula das Américas realizada no Panamá. Na época, o Departamento de Estado encaminhou um relatório ao Congresso, em que defendia a retirada, “por não haver nenhum indício de que Cuba houvesse colaborado com nenhum tipo de organização terrorista nos seis meses anteriores à elaboração do documento".

     

    Tema:
    Normalização de relações entre Cuba e EUA (67)

    Mais:

    Cuba e EUA devem anunciar abertura de embaixadas na próxima semana
    Promessas vazias? Obama quer visitar Cuba
    Cuba vê avanços na negociação com os EUA
    EUA querem que embaixada em Cuba promova interesses norte-americanos
    Cuba e EUA realizarão mais uma rodada de negociações na próxima semana
    Tags:
    relações diplomáticas, terrorismo, Raúl Castro, Barack Obama, EUA, Cuba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik